Junho 18, 2024

Faustão fala pela primeira vez sobre transplante de coração e exalta o SUS: ‘sensação única’

0

Procedimento inspirou apresentador a reforçar a importância da doação de órgãos.

Recuperando-se de um transplante de coraçãoFausto Silva comentou, pela primeira vez, o quadro de saúde após o procedimento, na manhã desta quinta-feira (31). Em entrevista para o jornalista Lucas Pasin, Faustão revelou como se sente com o novo coração e exaltou o Sistema Único de Saúde (SUS).

Conforme o apresentador, o órgão o faz se sentir renovado. “Sinto como se o meu coração batesse ainda mais forte, é uma sensação única. Tiveram que tirar um monte de entulho de dentro de mim, e colocaram um coração novo, de um garotão de 35 anos. É algo que me faz sentir muito vivo”, afirmou.

O sentimento positivo tem refletido no período pós-operatório de Faustão. Segundo o comunicador, a recuperação está ocorrendo rápido e ele já se sente bem o suficiente para deixar o hospital.

“Estou me sentindo ótimo. Por mim, eu saía daqui amanhã, estou abismado com a minha recuperação. Não tenho nada para reclamar. Sinto apenas uma leve dor nas costas, [mas] é um detalhe perto de tudo que aconteceu”, contou Faustão. 

APOIO À DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

A nova chance de viver com saúde também o fez pensar sobre o apoio à doação de órgãos. Entendendo a importância do transplante, Faustão sentiu, após o procedimento, a necessidade de inspirar mais pessoas a se tornarem doadoras:

“O meu primeiro pensamento [ao acordar após a cirurgia] foi: eu preciso motivar a doação de órgãos. O Brasil tem que ser o primeiro lugar do mundo. Tem que existir mais projetos. Precisamos fazer alguma coisa para melhorar isso, e pensarmos nos próximos. Precisamos usar a fé na doação. Se eu não tivesse fé, não estaria vivo”.

“Ontem, parecia que eu estava num dia normal na minha vida. Sentei, andei, conversei. É um absurdo poder fazer tudo isso. Só tenho a agradecer aos meus médicos e ao SUS. Tudo isso também é graças ao SUS. […] Não é porque eu tenho dinheiro que estou bem. Tudo isso que fiz também é feito no SUS, e isso precisa ser valorizado. É importante que todos se informem sobre, e essa será agora a minha missão”, disse.

TRANSPLANTE DE CORAÇÃO

Fausto Silva recebeu o coração no último fim de semana, em uma operação que durou quase três horas. Devido ao seu estado de saúde, o comunicador teve prioridade na fila do transplante

Por enquanto, Faustão não tem previsão de alta e deve passar mais um período no hospital, em recuperação.

FONTE: Diário do Nordeste

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *