Abril 17, 2024

Como melhorar do cansaço físico e mental? Veja sintomas e tratamentos

0

Não é novidade para ninguém que a transformação digital e os novos comportamentos tornaram nossa vida mais acelerada. O excesso de informação, a cobrança por performance no trabalho e a maior interatividade por meio de dispositivos móveis são alguns dos fenômenos que podem ter desencadeado o aumento de cansaço físico e mental na população mundial.

Nos últimos anos, ainda vivemos sob a sombra da pandemia da covid-19, que desencadeou medo, perdas e insegurança financeira e profissional no nosso dia a dia.

Não por acaso, sintomas de cansaço físico e mental cresceram bastante nos últimos tempos.  Segundo relatório da OMS (Organização Mundial de Saúde), os casos de depressão e ansiedade no mundo aumentaram em 25% só em 2020., o primeiro ano de pandemia.

Além da depressão e da ansiedade, a síndrome do burnout também pode surgir como um dos sintomas do cansaço físico e mental. Ele se caracteriza por um distúrbio gerado por uma forte tensão emocional motivada por excessos no ambiente de trabalho.

No cenário pós-pandemia, notabilizado pelo aumento da prática do home office, houve um aumento de 9% nos casos de burnout em comparação com 2019.

Mas, afinal, como lidar com esse problema da exaustão mental? O que é bom para o cansaço mental? Além de falar um pouco mais sobre os sintomas desse fenômeno, vamos também te ajudar com essas perguntas. Leia até o fim para saber tudo!

Sintomas do cansaço físico e mental

Ansiedade

O cansaço físico e mental, seja em virtude do trabalho excessivo ou da dificuldade em lidar com as responsabilidades, eleva os níveis de cortisol no corpo, o que agrava a sensação de estresse. ³  

Esse sentimento pode gerar frustração, medo irracional, cobranças excessivas, dentre outros sintomas, que são as características principais da ansiedade.4  

Com tanta exposição à informação, ritmo acelerado do mundo digital e excesso de trabalho, é muito difícil não ser exposto a esse sentimento.   

Depressão

Depressão e exaustão mental costumam andar lado a lado, isso porque aquele distúrbio gera desequilíbrio no sistema nervoso central, o que acarreta sensação de cansaço físico e mental, às vezes de forma permanente.5

Situações de sobrecarga ou preocupações extremas levam à desmotivação profunda no dia a dia que podem configurar depressão e a necessidade de acompanhamento por um psiquiatra.

Insônia

Outros sintomas bastante comuns são a insônia e outros distúrbios do sono. Sabe aquela sensação de que você nunca dormiu o suficiente e o sentimento de cansaço constante? Pois é, isso acontece por que o estresse não permite que seu cérebro percorra todos os estágios necessários para um boa noite de sono. 6

Sono leve, inquietude e insônia são sintomas bem comuns para quem sofre de cansaço físico e mental e impacta diretamente o bem-estar do paciente.

Irritabilidade

Autocobrança, preocupação e frustração são facilmente transformadas em irritabilidade cotidiana, não é mesmo? Até mesmo em situações rotineiras, é possível que as pessoas se mostrem irritadas e com menos paciência.6

Falta de concentração

O cansaço físico e mental também atrapalha a nossa concentração. Geralmente nos sentimentos tão imersos nos nossos pensamentos e preocupações, como se nossa mente estivesse em uma frequência diferente da realidade ao nosso redor, que isso nos faz mais desatentos e alheios aos eventos do cotidiano.6

Dores no corpo

Momentos de estresse chegam como sinais ao nosso organismo, que por sua vez os interpreta como um alerta que acarreta na liberação de hormônios, como a adrenalina. Esse processo faz com que os músculos se contraiam e, consequentemente, que as dores no corpo surjam.7

Dores de cabeça, nas articulações e até mesmo na região abdominal (as famosas dores na barriga)  são bastante comuns. Um comprimido de Buscopan, nesse último caso, pode ser uma ótima pedida para aliviar esse sintoma em específico. 8

Como melhorar do cansaço físico e mental?

Mas, afinal, o que é bom para o cansaço físico e mental? Comprimidos como a Dipirona, para atenuar dores de cabeça e nas articulações, ou o Buscopan, para tratar de cólicas abdominal, são ótimas pedidas para aliviar alguns dos sintomas gerados por essa situação. Além disso, medicamentos como o Buscopan Composto possui dupla ação analgésica por conter tanto um antiespasmódico como a Dipirona em seu princípio ativo 8-9

Mas, no final das contas, mudanças comportamentais são o caminho mais adequado, pois elas controlam de forma geral todos os sintomas recorrentes do cansaço físico e mental. Dentre essas mudanças, podemos destacar:

  • Alimentação balanceada;
  • Atividade física recorrente;
  • Respeito aos momentos de lazer;
  • Ajuda profissional de um psicólogo;
  • Uso não excessivo das redes sociais;
  • Respeito aos seus limites físicos e mentais.6

Em uma sociedade cada vez mais acelerada e que cobra por performance, cumprir todos esses requisitos parece um desafio, não é mesmo?

Mas com um passo de cada vez e sempre respeitando seus limites e capacidades, é possível priorizar seu bem-estar para, assim, ficar mais apto para cumprir as demandas do dia a dia com mais prazer, alegria e sem sensação de cansaço físico e mental!

FONTE: Buscopan.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *