Home / Ultimas / Destaque / Secretaria de Desenvolvimento Social e 43ª Companhia de Policia Militar realiza palestra combatendo a violência contra mulher

Secretaria de Desenvolvimento Social e 43ª Companhia de Policia Militar realiza palestra combatendo a violência contra mulher

Uma vida com dignidade e respeito, está sendo discutida em vários seguimentos municipais de Itamaraju, a Lei Maria da Penha, e combate da violência contra a mulher, a ação é promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento através do CRAS, SCFV, CREAS com apoio da 43ª Companhia de Policia Militar e Núcleo de Apoio a Saúde da Família – NASF.

Fotos: Henrique Peixoto

A ação faz parte do ciclo de palestras em comemoração de 13 anos da Lei Maria da Penha (11.340/2006″) promovida pela secretaria de desenvolvimento social trabalhando a prevenção no âmbito familiar, escolar, social entre outros. As palestras visam combater a problemática que assombra a sociedade vitimando as mulheres causando consequências irreparáveis, durante as discussões são apresentados os tipos de agressão sofrida, modalidades criminosas e medidas protetivas destacando a denúncia nacional através do número 180 e 190 da polícia militar.

Diversos unidades sociais e de saúde já foram contempladas com a palestra bairro Bela Vista, Várzea Alegre, Jaqueira, Novo Prado, URBIS II/Liberdade, a palestra está sendo ministrada através do Tenente PM Bohana, que juntamente com assistentes sociais, enfermeiros, psicólogos destacam a violência sofrida pelas mulheres tendo o silencio das vítimas e pessoas próximas como vilão, além das consequências da violência gerando marcas irreversíveis, tendo reflexos físicos seguidos de transtornos familiares, psicológicos e na maioria das vezes a morte das vítimas.

Segundo informações da coordenadora do Cras I Nilzete Pereira, as ações são de grande importância na orientação da sociedade sobre o combate dos índices de violência que a cada dia cresce no país e também no município itamarajuense, através da parceria com a polícia militar viabiliza o meio de aproximação da instituição de segurança com a sociedade estimulando no combate da violência, dessa forma os militares não só operam no campo físico, mas também na mente das pessoas enfatizou.

“Segundo dados do Atlas da Violência 2019, houve aumento de 17% dos homicídios de mulheres dentro de lares nos últimos 5 anos. A taxa de mortes de mulheres mortas dentro de casa por 100 mil habitantes é de 1,3. Já os assassinatos de mulheres fora de casa têm taxa de 3,4 por 100 mil habitantes. Entre mulheres negras, o índice é ainda maior: 5,6 mil mortas por 100 mil habitantes contra 3,2.”

FONTE: Henrique Peixoto

Deixe seu comentário